Ziraldo, criador do Menino Maluquinho, morre aos 91 anos

Voguel
Voguel 2 Leitura mínima

Ziraldo (Globo/Ramón Vasconcelos)

Ziraldo, criador do Menino Maluquinho, faleceu aos 91 anos na tarde deste sábado, 6 de abril. Ele teria morrido enquanto dormia em seu apartamento no bairro da Lagoa, na Zona Sul do Rio, por volta das 15 horas.

História de vida de Ziraldo

O chargista, caricaturista e jornalista foi um dos fundadores nos anos 1960 do jornal “O Pasquim”, um dos principais veículos a combater a ditadura militar no Brasil.

+

Ziraldo Alves Pinto nasceu em 24 de outubro de 1932 em Caratinga (MG), onde passou a infância. Mais velho de uma família com sete irmãos, foi batizado a partir da combinação do nome da mãe (Zizinha) com o nome do pai (Geraldo). Leitor assíduo desde a infância, teve seu primeiro desenho publicado quando tinha apenas seis anos de idade, em 1939, no jornal “A Folha de Minas”.

Ele começou a carreira profissional na revista Era Uma Vez com colaborações mensais. Trabalhou depois no jornal Folha da Manhã e na revista O Cruzeiro. Em 1960, Ziraldo lançou Pererê, a primeira revista brasileira de quadrinhos e colorida de um só autor.

Ziraldo foi casado com Vilma Gontijo, de 1958 a 2000, com quem teve três filhos, Daniela, Antônio e Fabrízia. Depois se casou novamente com Márcia Martins da Silva.

+ Aos 24 anos, famoso jogador morre após sofrer tentativa de sequestro 

Fonte: Externa

ofertas amazon promoção
Clique acima para adicionar um desconto excluivo na Amazon! Aproveite as ofertas de hoje.