Sombras da identidade feminina – Jornal de Brasília

Voguel
Voguel 6 Leitura mínima

Formada originalmente há mais de 10 anos em Buenos Aires (hoje residente no Riacho Fundo – DF) pela dupla Soledad Garcia e Thiago Bresani, a Cia Lumiato é a primeira a pesquisar, produzir e difundir o teatro de sombras na região centro-oeste do Brasil.

A dedicação exclusiva ao gênero permitiu o aprimoramento técnico e o desenvolvimento estético para encantar adultos e crianças. Com essa ideia maturada, depois de espetáculos bastante elogiados, a companhia oferece agora ao público de Brasília o seu mais novo espetáculo: “Memória Matriz”, que será apresentado, neste fim de semana, de sexta (22/3) a domingo (24/3), no Teatro da CAIXA Cultural Brasília. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do teatro, e custam R$ 15

Com toda a beleza visual do teatro de sombras – que inclui aqui a utilização da fotografia analógica como expressão da memória –, o espetáculo aborda o universo feminino e as determinações do processo de constituir-se mulher na atual sociedade. Este é o primeiro espetáculo da Cia Lumiato concebido exclusivamente para o público adulto.

“Memória Matriz” põe em cena a relação entre uma mãe e uma filha, atravessada pelos legados geracionais e as tecnologias de gênero que um determinado momento histórico impõe no processo de constituir-se “mulher”. As memórias das relações familiares são simbolicamente apresentadas, conduzindo a protagonista a se reencontrar com o passado, abrindo novos caminhos e possibilidades de escolha.

O novo trabalho da Cia Lumiato traz a diretora argentina Ana Alvarado, considerada uma expoente da cena contemporânea e precursora do teatro de objetos para adultos no seu país de origem, onde desenvolve um precioso trabalho de pesquisa sobre o hibridismo entre artes visuais e as artes cênicas. O projeto também conta com a atriz convidada Katiane Negrão, artista do teatro de animação e da dança, que vem trabalhando em parceria com a companhia para realizar a montagem protagonizando o espetáculo.

Segundo Soledad, a montagem se baseia na memória de quatro gerações de mulheres, histórias que ela escutou de sua avó, sua mãe e suas tias enquanto olhavam fotografias familiares ou enquanto observava como elas costuravam vestidinhos de bonecas. “Esses relatos trazem sempre uma carga emotiva e nos constituem como mulheres, falam muito de um passado comum a todas e dos dispositivos de gênero que atualmente continuam nos atravessando”, explica a idealizadora e também fundadora da Cia Lumiato Soledad Garcia.

Soledad acrescenta que o espetáculo propõe trazer para a atualidade um contexto reincidente nos atravessamentos da construção da identidade de gênero feminino, onde os dispositivos amoroso e materno, são utilizados para construção simbólica da história. Essa concepção veio, inclusive, por meio do estudo das perspectivas de gênero iniciados pela escritora e filósofa Simone de Beauvoir e das pesquisas atuais da professora e pesquisadora do Departamento de Psicologia da Universidade de Brasília, Valeska Zanello.

Oficinas

Essa experiência também alcançará estudantes e professores de escolas públicas do Riacho Fundo 1 e Recanto das Emas por meio de apresentações em escolas dessas comunidades. “Nossa intenção é gerar questionamentos. Neste caso, penso que a questão das limitações que ainda temos para decidir sobre os nossos corpos, são as principais, mas desejamos que o espectador possa ampliar suas leituras”, destaca Soledad Garcia.

  • Oficina Sombra em Cena
  • Instrutores: Soledad Garcia e Thiago Bresani
  • Faixa etária: a partir de 18 anos
  • Número de vaga: 20 vagas
  • Duração: 8 horas

    Riacho Fundo 1

  • Data da Oficina – 08 e 10 de abril de 2024, das 18h às 22h
  • Período de inscrição – de 25/03/24 a 4/04/24
  • Local da oficina – Instituto Federal do Riacho Fundo 1
  • Formulário de inscrição

    Recanto da Emas

  • Data da Oficina: 15 e 16 de maio de 2024, das 18h às 22h
  • *Fechada para alunos e professores do Instituto Federal do Recanto das Emas

Sobre a Cia Lumiato

A companhia de teatro Lumiato foi criada em 2008, em Buenos Aires, Argentina, por Soledad Garcia e Thiago Bresani, durante formação como bonequeiros na Universidade de San Martin, onde estudaram várias linguagens do teatro de formas animadas, produziram espetáculos, oficinas e se apresentaram em festivais da América Latina. É a primeira companhia a pesquisar, produzir e difundir o teatro de sombras na região centro-oeste do Brasil.  Utilizou nos primeiros trabalhos técnicas de bonecos de luva, mesa, circo e, a partir de 2012, passou a pesquisar e produzir espetáculos de teatro de sombras contemporâneo. A dedicação exclusiva ao gênero da sombra permitiu o aprimoramento técnico e o desenvolvimento estético dessa arte, encantando adultos e crianças com projetos de caráter regional, nacional e internacional.

“Memória Matriz” – espetáculo com a Cia. Lumiato
De 22 a 24 de março, na CAIXA Cultural Brasília (SBS Quadra 4 Lotes 3/4), às 20h (sexta e sábado) e às 19h (domingo). Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada para estudantes, professores, funcionários e clientes CAIXA, pessoas acima de 60 anos). Vendas na bilheteria do teatro e no site Bilheteria Cultural. Informações: (61) 3206-9448. Classificação indicativa: 16 anos.

Fonte: Externa

ofertas amazon promoção
Clique acima para adicionar um desconto excluivo na Amazon! Aproveite as ofertas de hoje.