Programa brasileiro da Warner de Narrativas Negras anuncia dez finalistas

Voguel
Voguel 4 Leitura mínima

O “Narrativas Negras Não Contadas – Black Brazil Unspoken”, o programa brasileiro da plataforma de Diversidade, Equidade e Inclusão da Warner Bros. Discovery, chegou à fase final, com dez projetos de curtas documentais desenvolvidos por participantes negros. As informações são exclusivas de Splash.

Os três escolhidos terão suas histórias produzidas e veiculadas nas plataformas de streaming da empresa, como a Max, ainda em 2024. O objetivo do programa é acesso e desenvolvimento para roteiristas e diretores da comunidade negra.

Foram três meses de ciclo formativo e renumerado, com a participação de profissionais negros do mercado, como Emílio Domingues, Everlane Moraes e Chica Andrade. O “Narrativas Negras Não Contadas – Black Brazil Unspoken” é desenvolvido em parceria com a WIP Ventures, uma gestora de propriedades intelectuais e desenvolvedora de negócios no entretenimento.

É uma grande honra estar envolvida em um programa como esse, que tem um propósito tão importante de representatividade e gerar oportunidades reais para que esse profissionais de fato contem as suas histórias, do seu próprio ponto de vista.
Adriana Cechetti, Diretora de Conteúdo de Produções de Não-Ficção da Warner Bros. Discovery para o Brasil

Abaixo, conheça os dez participantes finalistas do programa:

André Sandino: é cineasta com formação cineclubista. Iniciou seus estudos na área audiovisual em 2004 por cursos livres e escolas populares de audiovisual como o Cine Maneiro no Rio de Janeiro.

Carol Rocha: é diretora nascida em uma favela da zona leste de São Paulo. Mulher negra e queer, está desde 2016 no audiovisual e passou pelos cursos de direção e roteiro na academia internacional de cinema.

Danielle Valentim: é mestre em Ciências das Artes e da Comunicação pela Universidade de Oldenburgo (Alemanha) e iniciou sua carreira trabalhando em emissoras de televisão como a TVU (Recife) e o canal alemão NDR.

Day Rodrigues: Diretora, roteirista, pesquisador audiovisual e professor multidisciplinar. Entre 2022 e 2023, foi coordenadora audiovisual e coordenadora de formação pedagógica do Curso Multimídia do Geledés – Instituto da Mulher Negra.

Laís Ribeiro: é produtora, diretora estreante e advogada, vinda do Sapopemba, zona leste de São Paulo. Atua em projetos com grandes players e também desenvolve e fortalece diversos projetos audiovisuais autorais e independentes.

Larissa Nepomuceno: é Pesquisadora Cinematográfica, Roteirista e Documentarista. Membra da APAN, formada em Cinema pelo Centro Europeu, em Artes Visuais pela UFPR e Mestre em Educação pela UFPR.

Luciana Oliveira: graduada em Com. Social Hab. Audiovisual, Mestra em Cinema e Narrativas Sociais e doutoranda em Sociologia pela Universidade Federal de Sergipe.

Rayane Teles: “catingueira” do interior da Bahia e formada em Cinema e Audiovisual pela UESB e Mestre em Roteiro pela EICTV (Cuba).

Robson Dias: começou sua jornada no setor audiovisual no Brasil como cameraman no jornalismo esportivo e editor de documentários. Após concluir o curso de Cinema pela PUC-Rio de Janeiro trabalhou alguns anos para as grandes produtoras cariocas.

William Souza: é um jovem diretor criativo e fotógrafo-filmmaker. Nos últimos anos tem se dedicado à colaboração em projetos de audiovisual voltados à música, cultura e documentários musicais.

Fonte: Externa

ofertas amazon promoção
Clique acima para adicionar um desconto excluivo na Amazon! Aproveite as ofertas de hoje.