PM do Rio prende um fuzil de origem americana a cada dois dias

Voguel
Voguel 2 Leitura mínima

Um levantamento feito pela Subsecretária de Inteligência da PM mostrou que, em média, a cada dois dias, a Polícia Militar do Rio de Janeiro apreende um fuzil de origem americana. Em 2023, 492 armas deste tipo foram apreendidas, sendo 227 de fabricação americana.

Segundo o estudo, as apreensões se concentraram com maior intensidade nas Áreas Integradas de Segurança Pública (AISP) da Zona Oeste da capital e da Baixada Fluminense.

Das dez AISPs com maior número de apreensões, oito estão nessas duas regiões do estado. As únicas exceções são a AISP 3 (região do Méier, na zona norte) e a AISP 16 (no bairro de Olaria, também na zona norte).

Entre as 492 apreensões de fuzis no ano passado, 377 foram registradas nessas dez regiões.

Além disso, outro aspecto importante do estudo diz respeito à marca dos fuzis apreendidos.

Dos 492, 199 são da marca norte-americana Colt. Foram registrados no estudo 194 fuzis sem marca, ou seja, armas que entram no país ou no estado separadas por peças e montadas por armeiros envolvidos com as organizações criminosas.

Ainda segundo a PM, o estudo, compartilhado com a Polícia Federal, demonstra que o tráfico internacional de armas representa um dos maiores desafios para a área de segurança pública do Rio de Janeiro, onde a solução depende de uma ação articulada entre as polícias do estado e as forças federais.

*Sob supervisão de Bianca Camargo 

Fonte: Externa

ofertas amazon promoção
Clique acima para adicionar um desconto excluivo na Amazon! Aproveite as ofertas de hoje.