orientações para declaração dos MEIs

Voguel
Voguel 3 Leitura mínima

Créditos: Agência Brasil/Joédson Silva

Ficar atento às informações corretas sobre o Imposto de Renda torna-se fundamental para evitar penalidades impostas pela Receita Federal

A temporada de declaração do Imposto de Renda 2024 já está em pleno vapor, e os Microempreendedores Individuais (MEIs) também precisam ficar atentos às suas responsabilidades fiscais. Embora a maioria dos MEIs seja isenta de algumas obrigações tributárias, há situações em que a declaração é necessária. Entenda tudo sobre como os MEIs devem proceder ao declarar o IR este ano.

Obrigações do MEI: IR x Declaração de Faturamento

Antes de tudo, é crucial entender a distinção entre a declaração do Imposto de Renda e a Declaração Anual de Faturamento do MEI. Enquanto o último documento está relacionado diretamente à empresa, onde o empreendedor informa sua receita bruta anual, o Imposto de Renda trata-se da declaração de pessoa física, onde são reportados os rendimentos e gastos pessoais ao longo do ano anterior.

Embora ambos sejam importantes, é fundamental destacar que um não substitui o outro, sendo ambas obrigações essenciais para o MEI.

Momento da Declaração do Imposto de Renda para MEI

Este ano, todos os contribuintes que auferiram rendimentos tributáveis, como salários e aposentadorias, cuja soma ultrapassou R$ 30.639,90, estão obrigados a realizar a declaração do Imposto de Renda. No caso do MEI, isso significa que se o faturamento bruto do CNPJ, somado a outros rendimentos, como salário de carteira assinada, exceder esse limite, a declaração torna-se obrigatória.

Durante a declaração, é essencial distinguir entre renda isenta e renda tributável. A renda tributável corresponde ao salário final do empreendedor, e para calcular a alíquota de imposto devido, é necessário considerar a natureza da atividade do MEI:

  • 8% para comércio, indústria, transporte de cargas e MEI Caminhoneiro;
  • 16% para transporte de passageiros;
  • 32% para serviços em geral.

Importância da Regularidade e Atualização

Manter as contribuições mensais em dia junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é crucial para garantir o acesso aos benefícios previdenciários, incluindo a licença maternidade e a aposentadoria por idade.
Além disso, estar atento às mudanças nas regras e alíquotas de imposto é fundamental para evitar complicações com a Receita Federal e assegurar a conformidade fiscal.



Fonte: Externa

ofertas amazon promoção
Clique acima para adicionar um desconto excluivo na Amazon! Aproveite as ofertas de hoje.