O que comer para evitar hemorroidas? Conheça os sinais de alerta

Voguel
Voguel 5 Leitura mínima

Créditos: iStock/SircPhoto

Guia completo sobre como evitar e tratar de hemorroidas

Dores, coceiras, ardências, entre outros sintomas estão associados às hemorroidas, uma condição que afeta cerca de 38% da população, segundo um estudo publicado no periódico Annals of Gastroenterology.

Hemorroidas são vasos sanguíneos inchados no reto inferior. Ocorrem, normalmente, devido ao esforço durante as evacuações.

As hemorroidas internas desenvolvem-se dentro do ânus mas, em alguns casos, podem projetar-se para fora, causando grande desconforto. Hemorroidas externas, embora mais raras, são extremamente dolorosas e ocorrem, geralmente, de forma súbita.

As internas podem não apresentar sintomas. Porém, as hemorroidas externas manifestam sintomas. Veja a seguir.

Quais os sinais de alerta para hemorroidas?

  • Sensação de calombo ou de saliência ao redor do ânus;
  • Dor ou ardor ao ir ao banheiro;
  • Dor ao sentar;
  • Coceira no ânus;
  • Sangramento anal (sangue nas fezes, no papel higiênico ou mesmo na roupa).

Esses sintomas podem acabar sendo confundidos com outras condições, como fissuras anais, fístulas anais ou mesmo câncer retal.

Por isso, é extremamente importante que um profissional de saúde faça um exame e descarte outras possibilidades antes de ser diagnosticado como hemorroidas.

Veja os sintomas de hemorroidas

Créditos: iStock/Mohammed Haneefa Nizamudeen

Veja os sintomas de hemorroidas

O que comer para prevenir hemorroidas?

Alimentos ricos em fibras e um bom consumo de água ajudam a facilitar os movimentos intestinais, reduzindo a necessidade de forçar, o que pode inflamar as hemorroidas.

A recomendação é dar preferência às frutas e vegetais frescos sempre que possível, pois eles geralmente têm teores mais elevados de fibras em comparação com suas versões cozidas.

Alimentos indicados para quem tem hemorroidas:

  • Cereais integrais;
  • Chia;
  • Linhaça;
  • Gergelim;
  • Frutas com casca, como laranja, caqui, tangerina e mamão;
  • Legumes, como alface, tomate, rúcula e agrião;
  • Amendoim;
  • Nozes;
  • Amêndoa;
  • Azeite;
  • Óleo de abacate;
  • Leguminosas, como feijão, grão-de-bico e lentilha;
  • Frango;
  • Peixe;
  • Leite desnatado;
  • Queijos brancos;
  • Por fim, iogurte desnatado.

Alimentos para evitar:

  • Produtos com cafeína, como café, chá verde, chá mate, chocolate e refrigerantes;
  • Alimentos com alto teor de gordura, como pizza, sorvete, hambúrguer e batata frita;
  • Laticínios gordurosos, como leite integral, iogurte integral e queijos amarelos;
  • Alimentos com baixo teor de fibras, como pão branco, tapioca, arroz branco e macarrão branco;
  • Carnes com alto teor de gordura, como carne vermelha e porco;
  • É aconselhável evitar também bebidas alcoólicas e pimenta, pois podem irritar o intestino, piorando os sintomas das hemorroidas.
Por fim, consumo de bebidas alcoólicas afeta negativamente a saúde

Créditos: william87/istock

Por fim, consumo de bebidas alcoólicas afeta negativamente a saúde

Afinal, o que mais fazer para prevenir a condição?

Há ainda métodos para alterar o ângulo na hora de sentar-se no vaso sanitário, o que também pode ajudar a aliviar o esforço.

Permanecer sentado por longos períodos ou levantar grandes pesos também podem piorar os sintomas de hemorroidas.

Mudanças hormonais durante a gravidez, assim como a pressão do útero, aumentam as chances de ocorrência de hemorroidas em mulheres grávidas.

Como aliviar os sintomas das hemorroidas?

Para casos leves, recomenda-se banhos de assento ou banhos de sal Epsom (sulfato de magnésio). Existem também géis e loções disponíveis no mercado, entretanto, o alívio proporcionado pode ser breve.

Para casos graves, um procedimento no consultório ou cirurgias podem ser necessários. O método varia desde a ligadura elástica, na qual interrompe-se o fluxo sanguíneo para a hemorroida, fazendo-a cair, até a remoção cirúrgica da mesma.

Cabe lembrar que, mesmo pós-cirurgia, as hemorroidas podem voltar se não forem tratados os fatores causadores.

É importante sabermos identificar e tratar a hemorroida adequadamente, assim como buscar meios de prevenir. Além disso, sempre consulte seu médico ou profissional de saúde para orientação específica.



Fonte: Externa

ofertas amazon promoção
Clique acima para adicionar um desconto excluivo na Amazon! Aproveite as ofertas de hoje.