Nvidia anuncia criação do microchip de IA ‘mais avançado’ do mundo

Voguel
Voguel 2 Leitura mínima

A Nvidia apresentou, nesta segunda-feira (18), seu último microchip destinado a acompanhar a revolução da inteligência artificial (IA), batizado “Blackwell”, enquanto busca se consolidar como o principal fornecedor destes componentes essenciais para o mundo da IA.

As GPUs Blackwell se tornarão “superchips” quatro vezes mais rápidos do que os da geração anterior, que foram usados para treinar os modelos de IA existentes, segundo a Nvidia.

O grupo destacou que esses componentes serão 25 vezes mais eficientes em termos energéticos.

“A velocidade com que a computação está avançando é loucura”, afirmou Huang durante a conferência.

O evento, apelidado de “Woodstock da IA” pelo analista Dan Ives, da Wedbush, é um dos principais do calendário de novas tecnologias, devido ao papel único da Nvidia na revolução da IA.

Essa posição, na linha de frente dessa evolução, levou a Nvidia ao topo da bolsa, com um ganho de 267% em um ano e 80% desde o início de 2024.

O grupo de Santa Clara vale mais na bolsa do que a Amazon.

Em 23 de fevereiro, ultrapassou os US$ 2 trilhões (R$ 10 trilhões) de capitalização de mercado, uma marca que apenas a Microsoft, a Apple e a petrolífera saudita Aramco superaram.

Ao contrário de seus rivais Intel, Micron e Texas Instruments, a Nvidia, assim como a AMD, não fabrica seus próprios semicondutores, mas os manda produzir por terceiros como a Taiwan Semiconductor Manufacturing.

Os Estados Unidos proíbem a Nvidia de enviar seus chips mais potentes para empresas chinesas.



Fonte: Externa

ofertas amazon promoção
Clique acima para adicionar um desconto excluivo na Amazon! Aproveite as ofertas de hoje.