Moacyr Franco cita mágoa de Silvio Santos por demissão: ‘Preciso trabalhar’

Voguel
Voguel 2 Leitura mínima

Moacyr Franco, 87, disse “amar” Silvio Santos, 93, mas admitiu que ficou “chateado” com o dono do SBT por não ter barrado sua demissão da emissora.

O que aconteceu

Franco afirmou que Silvio poderia ter impedido sua saída do canal, mas não o fez. “Eu fiquei chateado com o Silvio porque ele poderia ter interferido… Eu estava no auge na ‘Praça’… Eles [diretores do SBT] me chamaram [e falaram:] ‘olha, Moacyr, estamos com uma contenção de despesas, infelizmente vamos despedir você’. Confesso que fiquei paralisado, falei ‘tá bom'”, declarou em recente participação no podcast PodC.

O humorista contou que ganhava R$ 50 mil por mês, propôs receber R$ 500 porque para ele “era muito importante” continuar no SBT, mas não houve acordo. Moacyr ressaltou que chegou até mesmo a dizer que trabalharia de graça, mas a direção recusou. “Foi uma coisa muito chocante, um susto muito grande. Você não vale nada, o seu trabalho para nós aqui é insignificante”.

Moacyr também relatou que a filha de Silvio Santos, Daniela Beyruti, o chamou para uma reunião, mas não saiu nenhuma proposta concreta. “Eu preciso de um emprego, ganhar um salário, estou batalhando por isso”.

Moacyr Franco foi dispensado do SBT em novembro de 2017, após mais de uma década como integrante do humorístico “A Praça É Nossa”. Desde então, o ator chegou a fazer parte do elenco de produções como “Ilha de Ferro” e “Segunda Chamada”, no Globoplay, mas apenas por obra.

Fonte: Externa

ofertas amazon promoção
Clique acima para adicionar um desconto excluivo na Amazon! Aproveite as ofertas de hoje.