Magazine Luiza (MGLU3) tem lucro ajustado de R$ 101,5 mi, o primeiro em dois anos

Voguel
Voguel 5 Leitura mínima

O Magazine Luiza (MGLU3) registrou um lucro líquido ajustado de R$ 101,5 milhões, o primeiro após dois anos, revertendo um prejuízo líquido ajustado de R$ 15,2 milhões entre outubro e dezembro de 2022. Sem ajustes, o lucro somou R$ 212,2 milhões no quarto trimestre de 2023, revertendo prejuízo de R$ 35,9 milhões.

A varejista classifica o quarto trimestre como o momento da “virada”, em que o lucro e a melhora das margens voltam a ser presentes, mesmo desconsiderando os efeitos não-recorrentes.

“O nosso foco em 2023 foi a expansão da rentabilidade, o crescimento do lucro, o aumento da margem operacional. A gente entregou tudo, mesmo com juros altos” disse Vanessa Papini Rossini, diretora-adjunta de relações com investidores.

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

A última vez que o Magazine Luiza havia registrado um resultado recorrente positivo foi no terceiro trimestre de 2021, quando o lucro ajustado ficou em R$ 22,6 milhões.

Um dos principais efeitos não-recorrentes do trimestre se repetiu, que foi a reversão de créditos tributários que favoreceram o lucro contábil. A projeção do LSEG para o Magazine Luiza era de R$ 37,3 milhões de lucro líquido.

O lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado do Magazine Luiza ficou em R$ 756,5 milhões, alta de 12,3% na comparação com igual trimestre de 2022. Já a margem Ebitda ajustada subiu, no período, 1,2 ponto percentual, para 7,2%, o que é o melhor resultado em um trimestre dos últimos três anos.

A companhia também registrou avanço na margem bruta, de 27,8% para 30,3%. Já a receita líquida totalizou R$ 10,5 bilhões, uma queda de 5,5%.

De acordo com a executiva, a melhora da margem bruta recebeu a contribuição do segmento de serviços de marketplace (ambiente em que são realizadas as vendas de estabelecimentos parceiros da plataforma do Magazine Luiza) e da melhora margem nas mercadorias

“Todas as cadeias comerciais estavam com foco para a rentabilidade. A Black Friday (em novembro) foi a mais rentável da história”, afirmou.

Magazine Luiza: Marketplace ultrapassa loja física

Outro destaque é que as vendas feitas pelo marketplace totalizaram R$ 5,1 bilhões no trimestre, ultrapassando os R$ 5 bilhões registrados pelas lojas físicas.

Essas vendas dos 360 mil sellers contribuíram no aumento das receitas de prestação de serviços, que renderam R$ 1 bilhão em receita para o Magazine Luiza, alta de 16,9%.

Ainda sobre os marketplace, a executiva destacou o Fulfillment (serviço logístico para os sellers) e o Magalu Ads, que servem para divulgar os produtos desses parceiros. Segundo a diretora-adjunta de RI, os investimentos nessas tecnologias seguem no foco da varejista ao longo de 2024.

“O foco continua sendo o crescimento do lucro, as margens, do lucro operacional, do lucro líquido e do caixa. Quando olhamos as alavancas para o resultado do quarto trimestre, como as receitas de serviços do marketplace, elas são recorrentes (para 2024)”, explicou a executiva.

Outro destaque foi a Luiza Cred, no qual o Magazine Luiza tem uma participação de 50%, que voltou a apresentar lucro (R$ 18 milhões no trimestre).

Do lado financeiro, a posição de caixa chegou a R$ 9 bilhões e o caixa líquido total terminou o ano em R$ 1,7 bilhão. Já o resultado financeiro ficou negativo em R$ 437,7 milhões, o equivalente a 4,1% da receita. No mesmo trimestre de 2022, essa fatia era de 5,1%.

A justificativa é que o início da redução dos juros e outras iniciativas, como a maior participação de pagamentos com pix, contribuíram para uma menor despesa financeira.

“Essa despesa deve cair ainda mais, chegando mais perto de 3,5%”, conta a executiva

Além dos ajustes operacionais feitos ao longo dos dois últimos anos, Rossini afirma que a queda da taxa Selic é outro fator que deve contribuir para os resultados e em diferentes frentes: aumento de vendas devido a maior renda disponível por parte do consumidor e redução da despesa financeira.

Fonte: Externa

ofertas amazon promoção
Clique acima para adicionar um desconto excluivo na Amazon! Aproveite as ofertas de hoje.