Macron reafirmará apoio à entrada do Brasil no Conselho de Segurança da ONU

Voguel
Voguel 2 Leitura mínima


Novo plano de ação para parceria estratégica

A viagem de Macron ao Brasil ainda será marcada pelo restabelecimento da parceria estratégica entre os dois países, em especial no setor militar.

O UOL apurou que os governos do Brasil e França vão anunciar um novo plano de ação que incluirá a criação de um mecanismo para monitorar a parceria no setor de defesa. Um dos objetivos será o de permitir que as vendas de equipamentos e produtos ocorram também a partir de empresas brasileiras para os franceses, além de identificar possibilidades de transferências de tecnologia.

Macron visitará no dia 27 de março o estaleiro e base naval de Itaguaí, a 60 km do Rio de Janeiro, que serve de base para a construção de submarinos projetados, a partir de uma parceria entre os dois países. A visita será marcada pela saída ao mar do terceiro submarino construído no estaleiro.

Em estreita cooperação com a França, o Programa de Desenvolvimento de Submarinos foi criado em 2008, no segundo mandato de Lula. Mas, segundo o governo francês, a relação política entre os dois países foi “praticamente congelada” durante a gestão de Jair Bolsonaro e os contatos viveram um “eclipse” de quatro anos.

O UOL apurou que, entre 2021 e 2022, a diplomacia francesa determinou que os contatos até mesmo com a embaixada do Brasil em Paris fossem reduzidos. O relançamento da parceira estratégica voltou a ganhar ritmo entre os dois países em 2023.





Fonte: Externa

ofertas amazon promoção
Clique acima para adicionar um desconto excluivo na Amazon! Aproveite as ofertas de hoje.