Lula reúne auxiliares para avaliar cenário após novo ataque a Padilha | Política

Voguel
Voguel 2 Leitura mínima

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) marcou um almoço para esta sexta-feira (19) com ministros da articulação política e líderes da base aliada para discutir a mais recente crise entre o Executivo e o Legislativo.

Desta vez, a disputa por emendas parlamentares ao Orçamento dá o tom do novo atrito. Em uma frente, parlamentares estão insatisfeitos com uma portaria editada pelo governo para devolver ao ministro Alexandre Padilha (Secretaria de Relações Institucionais) o controle do fluxo dessas verbas. Além disso, o ritmo de liberação dos recursos tem desagradado a líderes. Apesar de um decreto prever que R$ 20,5 bilhões em emendas individuais e de bancada fossem liberados até o fim de junho, esse montante está em R$ 2,6 bilhões.

Publicada na sexta-feira da semana passada (12), a portaria sobre as emendas teria sido um dos fatores que contribuíram para a elaboração do pacote de projetos desfavoráveis ao Executivo colocado em prática no início da semana pela Câmara dos Deputados. O texto, que só veio à tona nessa quinta-feira (18), obriga o titular da articulação política a ser notificado dos pedidos feitos pelos parlamentares.

Apesar do tema sensível, esta reunião de avaliação já estava marcada desde a quinta-feira. A ideia é que o governo se prepare e acerte o discurso antes de uma nova reunião fechada entre Lula e o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL). Isso porque, na semana passada, Lira chamou Padilha (PT), a quem considera um desafeto político, de “incompetente”.

Padilha e Lula — Foto: Cristiano Mariz/O Globo

Fonte: Externa

ofertas amazon promoção
Clique acima para adicionar um desconto excluivo na Amazon! Aproveite as ofertas de hoje.