Hábitos que podem afetar negativamente a saúde dos seus rins

Voguel
Voguel 5 Leitura mínima

Os rins desempenham um papel fundamental na filtragem de resíduos e toxinas do sangue, além de regular os níveis de líquidos e eletrólitos. No entanto, certos hábitos cotidianos podem sobrecarregar e prejudicar a função renal, potencialmente levando a problemas de saúde graves.

Créditos: maya2008/DepsoitPhotos

Hábitos comuns da nossa rotina podem colocar em risco a saúde dos rins

Hábitos que prejudicam os rins

Consumo excessivo de sal e açúcar

Uma dieta rica em sal e açúcar pode sobrecarregar os rins, aumentando a pressão arterial e o risco de desenvolver doenças renais.

O consumo excessivo de sal pode levar à retenção de líquidos e hipertensão, enquanto o consumo excessivo de açúcar pode aumentar o risco de diabetes, uma das principais causas de doença renal crônica.

Baixa ingestão de água

A desidratação crônica pode prejudicar a função renal, reduzindo a capacidade dos rins de filtrar resíduos e toxinas do sangue.

A água é essencial para manter os rins saudáveis, pois ajuda a diluir as substâncias nocivas e facilita sua eliminação do corpo.

Portanto, é importante garantir uma ingestão adequada de líquidos ao longo do dia.

Consumo excessivo de álcool

O consumo excessivo de álcool pode ser prejudicial aos rins, pois pode causar desidratação, pressão arterial elevada e danos aos tecidos renais.

O álcool também pode interferir na capacidade dos rins de filtrar o sangue e eliminar toxinas, aumentando o risco de doença renal crônica.

Fumar

O tabagismo é um fator de risco conhecido para doenças renais, pois pode causar danos aos vasos sanguíneos e reduzir o fluxo sanguíneo para os rins.

Além disso, os produtos químicos presentes no cigarro podem danificar os tecidos renais e aumentar o risco de desenvolver doenças renais crônicas, como a nefropatia diabética.

Não urinar quando necessário

Segurar a urina por períodos prolongados pode aumentar a pressão nos rins e na bexiga, potencialmente levando a infecções do trato urinário e danos aos órgãos.

Urinar regularmente ajuda a eliminar resíduos e toxinas do corpo, promovendo a saúde renal e prevenindo problemas urinários.

Uso excessivo de medicamentos sem prescrição

O uso indiscriminado de medicamentos, especialmente analgésicos e anti-inflamatórios, pode ser prejudicial aos rins.

Esses medicamentos podem causar danos aos tecidos renais e aumentar o risco de insuficiência renal aguda ou crônica.

É importante seguir as instruções do médico e evitar o uso excessivo de medicamentos sem prescrição.

Quais os principais problemas que afetam os rins?

  • Insuficiência renal aguda: Também conhecida como lesão renal aguda, ocorre quando os rins param de funcionar repentinamente devido a uma lesão, infecção, obstrução ou redução súbita no fluxo sanguíneo para os rins. 
  • Insuficiência renal crônica: é uma condição progressiva na qual os rins perdem gradualmente a capacidade de funcionar adequadamente ao longo do tempo. Pode ser causada por condições como diabetes, hipertensão arterial, glomerulonefrite, doença renal policística, entre outras.
  • Pedras nos rins: são formações sólidas que se desenvolvem nos rins a partir de cristais presentes na urina. Podem causar dor intensa, sangue na urina, dificuldade em urinar e infecções do trato urinário.
  • Infecções do trato urinário (ITU): são causadas por bactérias que infectam o trato urinário, incluindo os rins, a bexiga, os ureteres e a uretra. Se não tratadas, as ITUs podem levar a complicações nos rins, como pielonefrite.
  • Doença renal policística: é uma condição hereditária na qual cistos cheios de líquido se formam nos rins, interferindo em sua função normal ao longo do tempo. Pode levar à insuficiência renal crônica e necessitar de tratamento para gerenciar os sintomas e complicações.



Fonte: Externa

ofertas amazon promoção
Clique acima para adicionar um desconto excluivo na Amazon! Aproveite as ofertas de hoje.