Funcionário de hospital tentou vazar ficha médica de Kate Middleton

Voguel
Voguel 2 Leitura mínima

O hospital em que Kate Middleton foi operada abriu uma investigação interna após um funcionário ser pego tentando acessar a ficha médica da princesa.

O que aconteceu

O hospital The London Clinic abriu uma investigação interna e avisou o palácio. “Isso é uma falha de segurança enorme. É incrivelmente prejudicial ao hospital, dada a sua reputação imaculada quando se trata do cuidado a membros da Família Real. Lideranças sêniores do hospital contataram o Palácio de Kensington imediatamente ao saberem do incidente, e garantiram que haverá uma investigação completa”, diz uma fonte ao jornal The Mirror.

Toda a equipe médica ficou chocada e perturbada com as alegações, além de magoada que um colega em que confiam possa ter sido responsável por tamanha quebra de confiança e ética. Fonte anônima ao jornal The Mirror

O hospital tem um histórico com a realeza. Além da família real, a London Clinic tem como clientes políticos e celebridades europeias.

É crime acessar a ficha médica de pacientes sem autorização. Para manter a confidencialidade, os funcionários devem pedir autorização ao gerente de dados da unidade de saúde antes de acessar os registros dos pacientes.

Procurado pelo The Mirror, o Palácio de Kensington não comentou o ocorrido. Os representantes da família real disseram apenas que “Essa é uma questão da The London Clinic”. Já o hospital afirma: “Acreditamos piamente que todos os nossos pacientes, independentemente de status, mereçam total privacidade e confidencialidade em relação a suas informações médicas”.

Fonte: Externa

ofertas amazon promoção
Clique acima para adicionar um desconto excluivo na Amazon! Aproveite as ofertas de hoje.