Estudo revela como um hábito diário pode levar a disfunção erétil

Voguel
Voguel 4 Leitura mínima

 

Créditos: iStock/peakSTOCK

Estudo revela que uso excessivo de computador pode levar a disfunção erétil

Um recente estudo, conduzido pelo Departamento de Urologia do Changhai Hospital, localizado na China, revelou dados preocupantes sobre os efeitos do uso prolongado do computador no bem-estar masculino.

A pesquisa, analisando mais de 200 mil homens, revelou que cada hora extra no computador para lazer pode aumentar consideravelmente o risco de disfunção erétil.

Publicado na prestigiada revista Andrology, o estudo aponta que o aumento do risco é de 3,57 vezes para cada 1,2 hora extra de uso.

Este dado destaca a importância de considerar os hábitos de vida e o tempo gasto em atividades diante da tela fora do trabalho.

Afinal, como os efeitos da tela podem causar disfunção erétil?

Diante dos resultados, os autores do estudo enfatizaram a necessidade de mais pesquisas para compreender plenamente a conexão entre o uso do computador e o aumento do risco de disfunção erétil, sugerindo que o comportamento sedentário específico ligado ao uso do computador para lazer requer atenção especial.

Além de identificar um aumento no risco de disfunção erétil, os pesquisadores também observaram alterações nos níveis do hormônio folículo-estimulante, essencial para a produção de esperma, nos participantes que utilizaram o computador por períodos prolongados para entretenimento.

O estudo contradiz a crença popular de que qualquer atividade sedentária teria efeitos semelhantes, indicando que assistir TV ou dirigir para lazer não mostraram a mesma correlação.

Mas afinal, o lazer no computador impacta a saúde masculina? Estudo revela risco de disfunção erétil

Créditos: iStock/StockRocket

Mas afinal, o lazer no computador impacta a saúde masculina? Estudo revela risco de disfunção erétil

Riscos do comportamento sedentário

A equipe de cientistas chineses, ao analisar dados de estudos de associação de todo o genoma, conseguiu identificar genes que podem estar ligados ao risco de comportamento sedentário, oferecendo um novo caminho para entender como o uso excessivo do computador pode afetar a função erétil.

O método abrangente permite uma visão mais clara do impacto direto e indireto do estilo de vida digital na saúde masculina.

Embora os mecanismos exatos permaneçam incertos, os cientistas enfatizam a clareza dos efeitos negativos do sedentarismo, provocado pelo uso do computador para entretenimento, sobre a função erétil.

Alertam, assim, para a necessidade de conscientização pública sobre os riscos e a promoção de estilos de vida mais ativos como medida preventiva.

Reflexões e próximos passos

Portanto, o estudo destaca um tema crucial na era digital atual, onde o equilíbrio entre vida virtual e saúde é fundamental.

No universo digital por lazer ou trabalho, é vital prestar atenção aos sinais do corpo e buscar um estilo de vida equilibrado. Ele pode incluir atividades físicas e pausas regulares durante longos períodos em frente à tela.

Os resultados servem como um lembrete para a sociedade sobre os impactos do estilo de vida digital na saúde física e mental. Isso incentiva, por fim, a adoção de hábitos saudáveis que possam mitigar riscos futuros à saúde.



Fonte: Externa

ofertas amazon promoção
Clique acima para adicionar um desconto excluivo na Amazon! Aproveite as ofertas de hoje.