Descubra alguns sinais incomuns que podem apontar demência

Voguel
Voguel 4 Leitura mínima

Créditos: Depositphotos/HayDmitriy

Ao menos 1,76 milhão de pessoas com mais de 60 anos têm alguma forma de demência no Brasil. Descubra alguns sinais incomuns – iStock/Getty Images

Termo amplo referente a um grupo de síndromes relacionadas à deterioração do cérebro, a demência é conhecida principalmente pelos problemas de memória que causa. Ao menos 1,76 milhão de pessoas com mais de 60 anos têm alguma forma de demência no Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde

Além desses sintomas mais conhecidos, outros sinais menos comuns chamam a atenção dos especialistas. Um deles, por exemplo, é a perda de confiança, um indicador peculiar e muitas vezes ignorado relacionado ao distúrbio. 

Sinais incomuns da demência 

Estudos sobre o tema indicam que a perda de confiança pode se manifestar de várias maneiras. Uma pessoa com demência, por exemplo, pode começar a esconder objetos sem razão aparente ou fazer acusações sem sentido. 

Ainda de acordo com especialistas, essa pessoa também pode parecer mais esquecida do que o habitual, ser facilmente distraído e levar mais tempo para lembrar das coisas são indícios de um envelhecimento anormal.

Embora pequenos esquecimentos ou confusões façam parte da rotina diária, as mudanças nas habilidades mentais que acompanham a demência são mais graves do que as experimentadas durante o processo de envelhecimento normal.

Com a progressão da doença, surgem outros sinais alarmantes. A pessoa pode encontrar dificuldades em realizar tarefas cotidianas que antes realizava com facilidade, como fazer compras, preencher cheques ou contar troco. Mudanças inexplicáveis de humor, irritabilidade frequente, estados de ânimo depressivos ou ansiosos também podem ser observados. Além disso, a desorientação no ambiente doméstico e a tendência ao isolamento social são indicadores adicionais dessa condição debilitante.

Importância do diagnóstico precoce 

Reconhecer esses sinais pode levar a um diagnóstico precoce, que pode melhorar significativamente a qualidade de vida dos pacientes, proporcionando-lhes suporte adequado e possibilitando a implementação de estratégias para retardar a progressão da doença.

Por isso, é fundamental que os familiares e amigos atentem-se a esses sinais e forneçam apoio emocional e prático aos afetados. Buscar orientação médica especializada também é essencial para garantir o melhor tratamento e suporte possível para quem enfrenta a demência.

A conscientização sobre esses sinais menos conhecidos pode fazer toda a diferença na vida de indivíduos com demência, proporcionando-lhes a chance de viver com dignidade, compreensão e apoio, mesmo diante dos desafios impostos por essa condição complexa.



Fonte: Externa

ofertas amazon promoção
Clique acima para adicionar um desconto excluivo na Amazon! Aproveite as ofertas de hoje.