Brasil deve receber aval da UE para exportar mais frango

Voguel
Voguel 2 Leitura mínima

Reuters

Exportações das plantas excluídas continuam suspensas, de acordo com associação do segmento

O Brasil poderá em breve obter aprovação para vender mais carne de frango para a UE (União Europeia), disse o ministro da agricultura brasileiro, Carlos Fávaro, nesta quarta-feira (20).

As observações de Fávaro foram feitas durante uma visita à processadora de carne de frangos da BRF em Lucas do Rio Verde (MT), que, segundo ele, recebeu sinal verde para exportar produtos ao Reino Unido.

“Botamos de volta os pés na Europa”, disse o ministro, segundo podcast divulgado pelo ministério.

Em 2018, o bloco suspendeu as importações de 20 frigoríficos brasileiros, a maioria produtores de aves.

A proibição foi um golpe para a maior processadora de frangos do Brasil, a BRF, que teve 12 fábricas retiradas da lista pela UE após seu envolvimento em uma investigação sobre segurança alimentar.

As exportações das plantas excluídas continuam suspensas, de acordo com a ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal). Mas a UE enviou uma missão ao Brasil, e as empresas estão aguardando seus resultados, que poderiam reverter as proibições, disse a entidade.

A UE é atualmente o sexto maior destino das exportações de frango do Brasil, segundo a ABPA.

Fávaro disse que a fábrica da BRF em Lucas do Rio Verde também foi liberada para retomar as exportações para a China após uma suspensão que estava em vigor desde 2016.

O Brasil é o maior exportador de carne do mundo e responde por quase 40% do fornecimento global do produto, de acordo com dados comerciais.

No ano passado, o país exportou mais de 316 mil toneladas de carne de frango para a UE, segundo dados do governo brasileiro.



Fonte: Externa

ofertas amazon promoção
Clique acima para adicionar um desconto excluivo na Amazon! Aproveite as ofertas de hoje.