Allos (ALOS3) lucra R$ 235,3 mi no quarto trimestre, alta anual de 30,5%

Voguel
Voguel 4 Leitura mínima

A Allos (ALOS3) registrou aumento de 30,5% no lucro líquido no quarto trimestre de 2023 em relação a igual período de 2022, saindo de R$ 180,3 milhões para R$ 235,3 milhões. 

O lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado foi de R$ 566,3 milhões, alta anual de 11,9%. Isso levou a uma elevação da margem Ebitda ajustada de 2,9 p.p. (pontos percentuais), para 74,2%.

A receita líquida somou R$ 763,1 milhões no quarto trimestre do ano passado, crescimento de 7,5% na comparação com igual etapa de 2022.

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

A receita de locação atingiu R$ 639,7 milhões, um aumento de 3,5% versus o 4T22. A variação positiva é explicada pela contínua qualificação de mix, processo de satelitização de áreas retomadas em conjunto com o crescimento de vendas.

O resultado de estacionamento somou R$ 141,0 milhões no 4T23 e R$ 461,4 milhões em 2023, com significativas expansões de 20,5% e 18,7%, respectivamente, comparadas aos mesmos períodos em 2022. O desempenho positivo deriva principalmente do reajuste de tarifas.

O FFO atingiu a cifra de R$ 432,6 milhões no quarto trimestre de 2023, um aumento de 15,1% na comparação com igual etapa de 2022. A margem bruta foi de 52,9% no 4T23, alta de 4,5 p.p. frente a margem do 4T22.

Se você gostou desse post, não esqueça de compartilhar!

As despesas gerais e administrativas somaram R$ 18,5 milhões no 4T23.

O resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 111,7 milhões no quarto trimestre de 2023, uma redução de 45,6% sobre as perdas financeiras da mesma etapa de 2022. 

Em 31 de dezembro de 2023, a dívida total da companhia era de R$ 3,892 bilhões.

Allos atualiza guidance

A Allos revisou a projeção de sinergias derivada da combinação de negócios que originou a Allos e estima em R$ 210 milhões anuais, a serem capturados até o final do ano de 2028. A projeção anterior, divulgada em 23 de março de 2023, era de 180 a 210 milhões anuais a serem capturados até o final do ano de 2028.

Adicionalmente, a Allos informa que, do total estimado, R$ 81 milhões já haviam sido capturadas até 31 de dezembro de 2023.

Segundo comunicado, a revisão de guidance é fruto de estudo das oportunidades da combinação de negócios e reflete a expectativa da Companhia quanto aos resultados futuros.

A projeção gerencial de Valor Geral de Vendas dos projetos multiuso assinados até dezembro de 2023 (VGV), que representa uma geração de caixa estimada para a Companhia e demais sócios dos shoppings em questão (Geração de Caixa), foi substituída.

A nova estimativa de VGV dos projetos multiuso assinados até dezembro de 2023 é de R$ 3,6 bilhões, com geração de caixa estimada de R$ 430 milhões entre 2021 e 2033, dos quais R$ 115 milhões foram realizados até 31 de dezembro de 2023 e R$ 315 milhões a serem realizados até o final de 2033.

A projeção original previa a estimativa de VGV de R$ 3,1 bilhões dos projetos multiuso assinados até março de 2023, com geração de caixa estimada de R$ 409 milhões entre 2021 e 2033. A projeção considera a participação de 100% nos ativos.

Fonte: Externa

ofertas amazon promoção
Clique acima para adicionar um desconto excluivo na Amazon! Aproveite as ofertas de hoje.