A internet do avião é segura?

Voguel
Voguel 10 Leitura mínima

Ao chegar ao aeroporto para embarcar, você deixa o celular no modo avião ou já sai em busca de acessar o Wi-Fi para usar a internet do avião? Muitas companhias aéreas disponibilizam o serviço na maior parte de seus voos e o recurso pode ser muito útil para quem precisa trabalhar ou quer navegar na rede enquanto espera chegar ao seu destino.

Mas se a segurança for uma preocupação, é importante saber como proceder na sua próxima viagem para evitar riscos. Em primeiro lugar, saiba que a internet do avião é segura, desde que a companhia aérea ofereça o serviço. 

Se você gostou desse post, não esqueça de compartilhar:

No entanto, é recomendável que os dispositivos permaneçam desligados ou em modo avião durante o percurso, especialmente na decolagem e no pouso. Isso acontece devido aos sinais de interferência, que podem acontecer e prejudicar o funcionamento do avião caso muitos aparelhos fiquem conectados ao mesmo tempo. 

As companhias aéreas costumam oferecer serviços de Wi-Fi gratuitos ou pagos. É possível usar o WhatsApp e outros aplicativos de mensagens durante voos internacionais e nacionais. 

Imagem: kudla / Shutterstock

Desligar nos pousos e decolagens

Normalmente, é solicitado que o dispositivo permaneça desligado ou em modo avião durante o percurso, especialmente na decolagem e no pouso. Isso se justifica porque os celulares podem interferir nos sistemas de comunicação e navegação das aeronaves.

Os aviões utilizam frequências específicas para comunicação com torres de controle e entre si. Os dispositivos eletrônicos podem interferir na clareza de comunicações cruciais, afetando a coordenação entre a tripulação e as autoridades aeroportuárias. 

Modo avião no avião

O modo avião elimina o risco de interferência eletromagnética. Ao ligá-lo, a comunicação do piloto com radares e navegação não é prejudicada. Todos os equipamentos que emitem radiofrequência, precisam ser mantidos em modo avião na realização de pousos e decolagens, ou pelo menos até que a aeronave alcance dez mil pés. 

O modo avião desabilita os dados móveis (sinal de 4G ou 5G) e ligações no celular, sem a necessidade de deixá-lo desligado durante toda a viagem. Desta forma, o recurso permite ainda que o dispositivo se conecte à Wi-Fi da aeronave. 

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) diz que cabe às companhias aéreas prover a segurança necessária para que o uso do Wi-Fi no avião, dentro das situações já estabelecidas como legais, não interfira no funcionamento dos equipamentos das aeronaves. 

Passageiro usa internet durante voo
Imagem: Divulgação/Delta

Para saber se o voo tem Wi-Fi, basta verificar se há um alerta de Wi-Fi ao lado do sinal de atar cintos ou checar através do próprio celular, caso a aeronave não disponibilize o sinal luminoso de Wi-Fi. O acesso à rede só estará disponível quando este alerta estiver ligado. 

Mas se não podemos utilizar o celular no avião, como as empresas oferecem Wi-Fi? A conexão é feita por satélite e não depende de conexão de torres de celular. É possível navegar pelas redes sociais, ler e-mails, trocar mensagens por aplicativos, mesmo com o aparelho no modo avião. Da mesma forma, é possível ouvir músicas e assistir vídeos, desde que seja conectado a rede de Wi-Fi do avião. Esses recursos não alteram em nada o funcionamento da aeronave. 

Internet do avião em voos nacionais

No Brasil, a primeira empresa a oferecer Wi-Fi nos voos domésticos foi a Gol em 2016, seguida pela Latam e por último, a Azul em 2021. Para obter o serviço de internet no seu smartphone, tablet ou notebook, você precisa conectar as redes de Wi-Fi da empresa com a qual está viajando.

Seu dispositivo terá acesso ao navegador que leva às opções de pacotes (gratuitos ou pagos) e os valores, o pagamento deverá ser feito com cartão de crédito. A Azul oferece Wi-Fi gratuito a bordo, entretanto o número de aeronaves que possuem o serviço ainda é pequeno se comparado à frota de aviões que operam os voos domésticos atualmente.

Entenda que usar a internet do avião é diferente de acessá-la nos aeroportos. Há vários riscos associados ao uso de redes Wi-Fi públicas em aeroportos. Hackers podem interceptar informações pessoais, como senhas e números de cartão de crédito, enquanto você usa a rede Wi-Fi pública, na rede do avião há mais segurança. 



Fonte: Externa

ofertas amazon promoção
Clique acima para adicionar um desconto excluivo na Amazon! Aproveite as ofertas de hoje.