4 sinais de que você está bebendo menos água do que devia

Voguel
Voguel 4 Leitura mínima

Créditos: iStock

Sede, boca seca e urina escura são os sinais mais diretos de que você não está bebendo água direito – iStock/Getty Images 

Essencial para a saúde e o funcionamento adequado do corpo humano, a água é responsável por hidratar, transportar nutrientes até as células e auxilia na eliminação de toxinas do corpo através do suor e da urina. Por isso, quando não bebemos água suficiente, o corpo começa a dar sinais de alerta, indicando a necessidade de reidratação. 

Estes sinais, advertem especialistas, podem variar de sutis a mais evidentes, mas todos merecem nossa atenção e ação rápida. A consequência mais imediata e óbvia de não beber água suficiente é a desidratação, que ocorre quando o corpo perde mais líquido do que ingere, levando a um desequilíbrio nos eletrólitos e ao comprometimento das funções corporais.

Sinais do corpo quando você não bebe água: 

Cansaço

A hidratação inadequada pode afetar significativamente o desempenho físico, principalmente durante exercícios ou atividades.

A desidratação leva à redução do volume sanguíneo, o que prejudica a capacidade do corpo de transportar oxigênio e nutrientes para os músculos de forma eficiente. Isso pode resultar em diminuição da resistência, força e desempenho físico geral.

Além disso, a desidratação aumenta o risco de cãibras musculares, exaustão pelo calor e insolação durante o esforço físico.

​Foco reduzido e maior confusão​

Mesmo a desidratação leve pode prejudicar a função cognitiva e o humor. A ciência mostrou que a desidratação pode levar à diminuição da concentração, problemas de memória de curto prazo e aumento da sensação de ansiedade e fadiga.

Isso ocorre porque a desidratação reduz o fluxo sanguíneo para o cérebro, afetando sua capacidade de desempenho ideal.

Problemas na digestão

A água desempenha um papel crucial na digestão e na manutenção da saúde gastrointestinal. A hidratação insuficiente pode causar problemas digestivos, como prisão de ventre e indigestão.

A água ajuda a amolecer as fezes e facilita os movimentos intestinais, portanto, a ingestão inadequada pode resultar em fezes duras e secas e dificuldade na eliminação de resíduos. A desidratação crônica também pode contribuir para problemas digestivos mais graves, como gastrite e úlceras.

Disfunção renal

Os rins são responsáveis ​​por filtrar os resíduos do sangue e regular o equilíbrio de fluidos no corpo. Quando você não bebe água suficiente, os rins não conseguem funcionar de maneira ideal, levando à diminuição da produção de urina e a uma maior concentração de resíduos na urina.

Com o tempo, a desidratação crônica pode aumentar o risco de cálculos renais, infecções do trato urinário e danos renais.



Fonte: Externa

ofertas amazon promoção
Clique acima para adicionar um desconto excluivo na Amazon! Aproveite as ofertas de hoje.